Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ana Gomes Living

5 produtos de beleza ecológicos que deves experimentar.

27.10.20 | Ana Gomes

Voltamos a um dos meus temas preferidos : a ecologia. 

Mas não se iludam : estou longe - lamentavelmente - de ser a pessoa mais ecológica ou completamente green do mundo. Em todo o caso orgulho-me de todos os pequenos passos que dou e não é o facto de não ser uma "aluna exemplar" que me faz desistir do processo, pelo contrário. Hoje partilho convosco 5 produtos de beleza cuja utilização pode melhorar bastante a vossa pegada. Espero que fiquem tão entusiasmados como eu mas... uma pequena nota : verdadeiramente ecológico é consumir tudo o que já tivermos em casa até ao fim. E depois... mudar para opções mais green. 

 

ecobeauty .jpg

( imagem via pureosophy )

 

5 - Champôs Sólidos. 

Os champôs sólidos não são propriamente uma novidade entre os ecologistas, mas chegaram finalmente ao mass market como resposta a uma procura por uma beleza mais sustentável. A grande particularidade desta opção é dispensar os plásticos para serem armazenados, terem muito menos impacto no transporte ( são mais pequenos e leves o que permite que a mesma carga transporte muito mais produtos numa viagem única ) . Claro que como qualquer outro produto temos de perceber o que melhor se adequa às nossas preferências, mas com tanta oferta no mercado tenho a certeza que irão encontrar uma que funcione convosco :) 

 

4 - Cotonetes Reutilizáveis. 

Sei que o conceito pode ser um pouco bizarro, mas assim que conhecerem o produto em questão vão perceber como é prático e faz sentido. Os cotonetes têm uma ponta de silicone lavável e substitui centenas de cotonetes de plástico. Claro que já existem alternativas de bambu ( também de uso único ) mas ainda que mais ecológicas não deixam de ser lixo diário. Desta forma conseguimos ter apenas um cotonete que dura muitooooo tempo. Actualmente já existem disponível em vários formatos e também com texturas, já que os cotonetes são também utilizados na maquilhagem e daí a necessidade de ter diferentes pontas. 

 

3 - Algodão Desmaquilhante Lavável. 

Quem utiliza algodão para limpar o rosto no final do dia consegue ter uma pequena noção do lixo produzido. Estes algodões laváveis são confortáveis, práticos e são lavados na máquina com a restante roupa. Simples! Uma dica : quando acabam de os utilizar coloquem num pouco de água com detergente da loiça para evitar que restos de gordura e sujidade se acumulem no algodão antes da lavagem. 

 

2 - Escovas de Dentes Bio-Degradáveis. 

As escovas de dentes de plástico têm sido das alterações mais fáceis. As escovas de bambu estão cada vez mais acessíveis e actualmente até já existem de amido de milho ou até com cabeças removíveis. 

 

1 - Produtos de higiene intima ecológicos. 

A higiene feminina na altura da menstruação é algo que tem grande impacto no ecossistema. Não só pelos químicos presentes nos absorventes ( que pode ser a primeira opção ecológica, existem pensos e tampões de uso único que já não têm químicos ), mas também pelo facto de serem de uso único. Hoje em dia já existem inúmeras opções : copo menstrual, pensos laváveis ou até cuecas menstruais. 

 

 

5 Formas de Comer mais Vegetais.

22.10.20 | Ana Gomes

greens.jpg

 

Uma das coisas que me dá mais prazer são as sessões de Health Coaching... é fantástico ver a vontade de mudar e a mudança a acontecer nas pessoas que acompanho. Um dos pedidos mais comuns são dicas para aumentar o consumo de vegetais. Em nossa casa existem vegetais em praticamente todas as refeições... sim : até nos lanches e no pequeno-almoço. E é mesmo muito fácil integra-los... até para quem torce o nariz! 

 

Uma dica extra : se tiverem crianças, vão insistindo e variando, é super normal que não adorem, mas se não desistirem de lhes tentar oferecer vegetais o mais provável é que rapidamente se habituem e se transforme num hábito de prazer :) 

 

5 - Smoothies de Fruta e Vegetais. 

Esta solução é óptima para pequenos-almoços ou lanches. O truque passa sempre por encontrar o equilíbrio entre a quantidade de fruta e vegetais. Sendo que as opções mais comuns são os espinafres, a couve kale, o aipo e a alface. Se escolherem frutas mais doces - como a banana madura ou frutos tropicais - conseguem quase anular o sabor dos vegetais. Cá em casa juntamos sempre sementes, um pouco de sumo de limão e está pronto! :) 

 

4 - Crepes com Espinafres ou Beterraba. 

As receitas de massa de crepes são super fáceis e versáteis! Tendo a base podemos rechear com o que quisermos. Um truque que costumo ensinar é o seguinte : coloquem os ingredientes que usam habitualmente na vossa massa para crepes num liquidificar e acrescentem um punhado de espinafres, cenoura ralada ou beterraba cozida ( uma destas opções ) , os crepes ficam coloridos - verdes, laranja ou rosa e os miúdos adoram estas novidades. 

 

3 - Pesto.

É uma das minhas formas preferidas de aproveitar sobras ou ter uma refeição rápida. Até a rama de cenoura é uma opção válida quando a ideia é fazer um molho verde! :) O manjericão faz sempre parte dos ingredientes, mas aqui em casa usamos vários tipos de verduras, especialmente espinafres. Como não consumo queijo a levedura nutricional e as sementes de abóbora são outros dos dois ingredientes chave. 

 

2 - Purés. 

Poucas pessoas não apreciam puré de batata. A verdade é que sem grande ciência podem acrescentar legumes a estes purés ou... fazer purés de legumes! Seguindo o mesmo principio da receita podem fazer deliciosos purés de couve-flor - para que o aspecto seja similar - ou de brócolos. O ideal nestes casos é usar a varinha mágica para ter um aspecto uniforme. 

 

1 - Hambúrgueres ou Lasanhas com Vegetais.

Em todas as receitas onde exista carne picada ou algo similar, conseguem com facilidade acrescentar e picar legumes. Regra geral os temperos ou os molhos sobrepõem-se ao sabor dos vegetais e é uma óptima forma de os disfarçar. 

 

 

5 Dicas Para Manter a Produtividade.

16.10.20 | Ana Gomes

 

produtividade.jpg

 


5 - Planear

Nada garante melhores resultados do que um bom planeamento. Claro que há aquelas pessoas sortudas que de improviso conseguem feitos memoráveis, mas convenhamos: são a excepção. Usar algum tempo a planear - mesmo que pareça que estamos a usar tempo útil para outras tarefas, pode ser o factor principal para uma maior produtividade.

4 - Priorizar

Estabelecer uma ordem de prioridades. Geralmente devemos iniciar as tarefas mais complexas e de difícil resolução, mas também importa compreender que devemos ser flexíveis e estabelecer prioridade nas tarefas.

3 - Fazer uso de Apps

Usar a tecnologia a nosso favor será sempre a forma mais inteligente de o fazer . E existem uma série de apps que melhoram a nossa rentabilidade por nos ajudarem a visualizar o tempo que usamos e em quê.

2 - Eliminar Distracções.

Muitas vezes esta é a dica mais complexa. A hiper estimulação associada ao acesso à informação acaba por ser contra producente, mas a verdade é que se conseguirmos deixar essa “tentação” para depois, teremos muito mais tempo livre para nos dedicarmos ao que nos apetecer.

1 - Nunca Parar de Aprender.

Hoje em dia existem uma série de ted talks, cursos e formações que nos permitem reorganizar e aprender novas formas e metodologias que se enquadrem com a nossa personalidade e com o nosso trabalho!

5 receitas com abóbora.

15.10.20 | Ana Gomes

 

1D93D66B-FCA2-4A04-BB71-486B22097F16.jpeg

 

 

Calma, não vou fazer deste conteúdo uma mera lista de receitas. A abóbora é uma das estrelas do Outono, não só porque surge carnuda e colorida nos supermercados... mas porque é - literalmente - a cara do Halloween, uma tradição que se tornou global. 

Tal como outros ingredientes naturais é super versátil e pode ser usada nas receitas mais incríveis : e por vezes menos prováveis! 

2D3E38E1-13EE-4B4E-925A-B484E1F3264E.jpeg

 

5 - Pão de Abóbora.

Já terão ouvido falar do Banana Bread, que tendo nome de pão é um bolo delicioso! Recentemente o Pumpkin Bread - ou pão de abóbora - também teve o seu merecido destaque e deixo-vos uma receita da babar!!

 

Pão de Abóbora : 

1 Colher de Sopa de Sementes de Linhaça Moídas 

2 Colheres de Sopa de Água 

1 cup de puré de abóbora

1/4 cup de iogurte vegan natural 

1/2 cup de puré de maçã cozida 

1/4 cup de sumo de maçã 

1/4 cup de manteiga de oleaginosas a gosto

1 colher de sopa de vinagre de sidra 

1 colher de chá de bicarbonato de sódio 

1 colher de chá de fermento 

1 colher de sopa de mistura de canela, noz moscada e gengibre 

1 pitada de sal 

1/4 de cup de açúcar de coco 

1 cups de farinha de integral 

 

Recheio : 

uma embalagem de queijo creme a temperatura ambiente 

1 colheres de chá de amido de milho 

1/4 de cup de açúcar 

Sumo de meio limão 

 

Pré-aquecer o forno. 

Numa taça misturar o queijo creme, o amido de milho, açúcar e sumo de limão. Bater todos os ingredientes até não existirem grumos e reservar. 

 

Numa outra taça juntar a linhaça e a água, mexer e deixar ganhar espessura durante 5 minutos. Na taça juntar o puré de abóbora, o iogurte, a manteiga de oleaginosas, o puré de maçã, o vinagre de sidra e o sumo de maçã.Misturar todos os ingredientes. 

Misturar, o bicarbonato, o fermento, o sal e as especiarias. E acrescentar a farinha e o açúcar. Depois juntar a mistura anterior dos líquidos até formar uma massa homogénea, ainda que fique um pouco grossa. Levar ao forno até estar cozinhado e posteriormente retirar do forno, deixar arrefecer e cortar,  ao meio para rechear. 

 

4 - Latte de Abóbora. 

É uma das bebidas mais especiais - pela sua sazonalidade - de uma das grandes cadeias de café. O famoso Pumpkin Spice Latte! Numa versão caseira podemos aquecer uma bebida vegetal - ou leite - da nossa preferência e com uma varinha mágica bater 2 colheres de sopa de puré de abóbora, para 200 ml de bebida, e juntando uma colher de sopa de especiarias : canela, noz moscada, gengibre em pó e açúcar de coco. No final juntar uma dose de café. E saborear! :) 

 

3 - Batido Proteico com Abóbora.

A primeira vista parece algo estranho, mas sabe a bolo, acreditem! É uma forma interessante de varias num snack ou pequeno almoço! 

Num blender juntar :

250 ml de bebida vegetal ou leite a gosto 

1 scoop de proteína vegetal a gosto 

1 colher de sopa de manteiga de caju 

1 colher de café de essência de baunilha 

1 cup de puré de abóbora

1 colher de sopa de flocos de aveia 

 

2 - Tarte Doce de Abóbora.

Adoro esta opção, é também uma daquelas receitas super fáceis e rápidas e são uma forma bem docinha de aproveitar este ingrediente especial e versátil. 

 

Lista 1 - 

500 gramas de abóbora descascada e sem sementes 

1 colher de sopa de óleo de coco

4 tâmaras medjool demolhadas e sem caroço

1 pau de canela

 

Lista 2 - 

1 embalagem de massa folhada ou areada sem manteiga

2 colheres de sopa de farinha de amêndoa

Nozes ou outros frutos secos picados 

1 colher de sobremesa de amido de milho ( se necessário ) 

 

Colocar todos os ingredientes da lista 1 num tacho e levar ao lume com apenas um fundinho de água até a abóbora estar cozida. Retirar o pau de canela e descartar e levar todos os ingredientes a uma blender com 3 colheres de sopa de farinha de amêndoa, uma pitada de sal e bater até ter uma pasta consistente, retirar e envolver com nozes picadas. Se sentirem que o recheio precisa de um pouco mais de espessura colocar 1 colher de sobremesa de amido de milho ou maizena e levar a lume médio até levantar fervura, mexendo em lume baixo durante 10 minutos. 

 

Levar a massa numa forma de tarte ao forno conforme indicações da embalagem, quando a massa estiver pronta colocar o recheio e servir! 

 

 

1 - Sopa de Abóbora Assada com Leite de Coco. 

É daquelas receitas que faço sempre que tenho um jantar em casa de última hora. É daquele tipo de pratos que impressiona e é super saciante... e a verdade é que não dá muito trabalho. Vejam bem como é simples : 

1 abóbora partida 

3 dentes de alho com casca 

1 cebola partida 

1 pedaço de gengibre ( 1 cm ) 

1 pedaço de curcuma ou curcuma em pó

Sal e Pimenta a Gosto 

Óleo de Côco 

1 Lata de Leite de Côco 

Amêndoas Laminadas - opcional 

 

Levar a forno pré-aquecido todos os ingredientes , excepto do leite de coco, pincelando tudo com óleo de coco e temperando com o sal e pimenta, quando a abóbora estiver assada, retirar, descascar os alhos, colocar num liquidificador  e juntar a lata de leite de coco. Bater bem até ficar um creme homogéneo, se necessário adicionar um pouco de água fervida e ainda quente. Servir com amêndoas tostadas! Faz sempre imenso sucesso. 

5 documentário que recomendo.

08.10.20 | Ana Gomes

A234287F-9655-46D4-A825-D04B444071F5.jpeg

Sempre fui fã de documentários, sinto que uso o tempo em frente ao ecrã de forma produtiva. Não que não veja séries ou filmes, mas há qualquer coisas nos documentários que me faz sentir que aquele tempo vai ser efectivamente pedagógico. E acreditem : tenho visto alguns... e têm-me ajudado a tomar algumas decisões ou a alterar algumas coisas na vida. 

 

Deixo-vos hoje um top 5 de documentários que valem muito a pena, alguns são muito recentes, outros nem tanto, mas garantidamente que vão ser tempo de ecrã útil. 

 

5 - Uma Vida no Nosso Planeta - David Attenborough. 

 

David Attenborough faz parte do imaginário de todas as pessoas fascinadas pela natureza. A sua voz - e o seu rosto - estão associados à grande maioria dos documentários ou episódios sobre a vida selvagem. Chega-nos também como rosto da necessidade da mudança. O que se passa com o nosso planeta - do ponto de vista da vida selvagem - e o que podemos ainda fazer? 

 

4 - Kiss The Ground. 

Ainda pensando um pouco em ecologia... mas entrando numa questão mais particular : os solos, a forma como são explorados e o que comemos. De facto há imensos detalhes que desconhecemos e claramente este documentário não é super denso naquilo que poderia revelar sobre formas de produção, mas deixa-nos muito alerta e conscientes para as escolhas que poderíamos fazer. 

 

3 - Minimalism . 

Confesso que me impressiono com o estilo de vida minimalista. Quem leva isto a sério consegue mesmo viver desapegado de muitas coisas materiais que alguns de nós consideram indispensáveis. Sei que dificilmente teria um estilo de vida minimalista... mas é sempre bom aprender a relativizar as coisas e inspirarmo-nos em estilos de vida que acabam por ser muito interessantes do ponto de vista ecológico para alterar o nosso comportamento de consumo. 

2 - What the Health. 

Se sempre acreditei e defendi que a alimentação e as nossas escolhas diárias têm relação directa com a nossa saúde... este documentário é - de entre muitos - uma opção interessante para quem quer descortinar um pouco sobre esta relação. 

1 - Heal. 

Este é dos meus documentários preferidos de sempre. Fala da ligação entre a mente e a nossa saúde física e é verdadeiramente inspirador. Permite-nos entender que devemos controlar e cuidar da nossa mente e faz-nos reflectir sobre a importância dos nossos pensamentos e das atitudes que temos connosco e com as pessoas que nos rodeiam. Está no Nr 1 do meu top de documentários que acho que TODAS as pessoas deveriam ver. 

 

 

5 dicas de organização que vos vão fazer poupar tempo.

01.10.20 | Ana Gomes

organizedhome.jpg

 

Depois do fenómeno Marie Kondo toda a nossa percepção sobre arrumação e organização foi alterada. 

O impacto foi de tal forma surpreendente que se criou uma escola associada ao método e houve pessoas que mudaram radicalmente as suas vidas. Claro que o conceito de arrumação não se desenvolveu só a partir desse momento, mas será impossível não analisar uma alteração na forma como este tipo de tarefas passou a ser mais do que algo quotidiano : há orgulho e prazer em mostrar como se organizam divisões ou casas inteiras. 

 

Existem comunidades na internet, vídeos de motivação no youtube e até fichas de limpeza do lar em 21 dias. 

Este tipo de conceito e de identidade visual é perfeita para pessoas desorganizadas que precisam de ser orientadas ou para perfeccionistas que gostam de visualizar tarefas concluídas.  

 

Hoje partilho convosco 5 dicas diárias que ocupam menos de 15 minutos e que podem fazer a diferença no dia-a-dia. 

 

5 - Lavar a loiça no final da refeição. 

 

Ou pelo menos antes do dia acabar! Muitas vezes temos alguma preguiça, estamos cansados ou sem grande vontade. Mas mesmo que não passe por lavar à mão, devemos colocar a loiça na máquina imediatamente. Não só é mais fácil de lavar... como fazer um pouco de cada vez é mais simples do que deixar acumular.

 

4 - Guardar a roupa diariamente.

Quando chegamos a casa ao final do dia há sempre uma cadeira ou algum objecto onde depositamos o casaco, as calças enxovalhadas ou a camisola. Se as arrumarmos de imediato não é a casa ficará naturalmente mais organizada como não iremos acumular roupa no mesmo local. 

 

3 - Deixar a casa de banho limpa e arrumada. 

Se quando sairmos de casa deixarmos as divisões minimamente organizadas, chegaremos a uma casa limpar e arrumada. Isso dá-nos instantaneamente melhor humor. 

 

2 - Verificar o que não está em bom estado. 

Ter um dia por semana para cada divisão - por exemplo - e dedicar alguns minutos a perceber o que tem de ser reparado, melhorado ou organizado. Fazer o mesmo com regularidade ao frigorífico e despensa, como forma de reduzir o desperdício alimentar e de gerir de forma eficiente as refeições. 

 

1 - Rentabilizar os tempos de espera. 

Sabem aquela visita inesperada? Aquela pessoa que liga e vai aparecer em nossa casa dentro de alguns minutos e magicamente fazemos parecer tudo um pouco mais organizado? Imaginem dedicar essa energia de organização para todos os tempos de espera que existem durante o dia : a água a ferver para o chá, a massa a cozer, a reunião que se atrasou. Tempo é poder! :)