Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ana Gomes Living

5 Actos de Bondade Para Terminar o Ano

17.12.20 | Ana Gomes

Gostava de terminar o ano com uma rubrica diferente. Na verdade não muito diferente daquilo que gosto de inspirar as pessoas a fazer e que venho de certa forma falando aqui.

9abe47aaaf0d1030ddcfe2bea06c2cad.jpg

 

O objectivo da rubrica de hoje é mesmo que possam - ainda antes do final do ano - colocar alguma destas ideias em prática ou - não sendo possível - que as possam projectar como objectivos para o próximo ano. 

 

5 - Elogiar. 

Encontrar oportunidades para elogiar as pessoas que trabalham connosco, pessoas que tornam os nossos dias mais fáceis ou que se cruzam de forma permanente no nosso trabalho ou dia-a-dia. Infelizmente estamos constantemente dispostos a chamar a atenção quando as pessoas falham... mas raramente o fazemos de forma positiva. 

 

4 - Agir Localmente. 

Há pessoas mais envolvidas que outras nas comunidades em que vivem. Mas é importante estarmos atentos ao que se passa à nossa volta e entender de que forma é que podemos ser uma rede de apoio para a nossa comunidade. Actos simples podem fazer mesmo a diferença na vida das pessoas. 

 

3 - Enviar cartas de melhoras a crianças hospitalizadas.

E fazer doações de brinquedos ou postais de melhoras. Este tipo de acções é muito comum nos Estados Unidos mas não tão normal por cá. E são actos simples que podem melhorar o dia de crianças a passar por situações dramáticas e ao mesmo tempo dar algum alento aos seus pais. 

 

2 - Ajudar alguém a concretizar um sonho. 

As grandes empresas tinham até muito recentemente programas que ajudavam pessoas a cumprir sonhos. E muitas vezes podemos incentivar os sítios onde trabalhamos a fazer o mesmo, ou até criar condições para que isso aconteça. Hoje em dia criam-se comunidades virtuais com muita facilidade e pode ser uma forma fácil de fazer a vida ou o dia de alguém melhor. 

 

1 - Fazer Donativos. 

Monetários, de tempo ou de bens que estão em bom estado mas que já não são úteis para nós. O sentimento depois da doação é fantástico e não sendo esse o objectivo primordial ( o efeito que se sente depois ) é inevitável senti-lo. No fundo ajudar alguém que precisa é duplamente bom. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.